Por que se especializar?

Gustavo Andrade      quinta-feira, 11 de abril de 2019

Compartilhe esta página com seus amigos

Um navio carregado de ouro, revestido de todo o cuidado e segurança, atravessava o oceano quando, de repente, o motor enguiçou. Imediatamente o comandante mandou chamar o técnico do porto mais próximo.

Ele trabalhou durante uma semana, porém sem resultados concretos.

Chamaram então o melhor engenheiro naval do país. Este trabalhou três dias inteiros, mas nada conseguiu, o navio continuava enguiçado.

A empresa proprietária do navio mandou buscar o maior especialista do mundo naquele tipo de motor. Ao chegar, olhou detidamente a casa de máquinas, escutou o barulho do vapor, apalpou a tubulação e, abrindo a sua valise, retirou um pequeno martelo. Deu uma martelada em uma válvula vermelha que estava meio solta e guardou o martelo de volta na valise.

Mandou ligar o motor e este funcionou na primeira tentativa.

Dias depois chegaram as contas ao escritório da empresa de navegação.

Por uma semana de trabalho, o técnico cobrou R$ 2.000,00. O engenheiro naval cobrou, por três dias de trabalho, R$ 5.000,00. Já o especialista, por sua vez, cobrou R$ 20.000,00 pelo seu serviço.

Atônito com esta última conta, o Diretor Financeiro da empresa enviou um e-mail ao especialista perguntando: “Como você chegou a este valor de R$ 20.000,00, por cerca de um minuto de trabalho e uma única martelada”?

O especialista então enviou os seguintes detalhes do cálculo à empresa:

- Dar uma martelada R$ 1,00.

- Saber o local exato da martelada R$ 19.999,00.

MORAL DA HISTÓRIA...

O que realmente vale no universo corporativo não é dar a martelada, e sim, saber onde bater o martelo e, justamente, por ignorar isso, muitas pessoas e profissionais subestimam certos tipos de trabalho, que trivialmente, são avaliados pelo tempo de duração ou por parecerem simples de serem executados.

No mundo dos negócios, pagamos as pessoas em duas moedas, sendo em dinheiro e experiência, por isso, agarre-se primeiro à experiência que lhe é dada no dia-a-dia, das lições que aprende no campo e nos treinamentos, e assim, o dinheiro virá como consequência.

Com isso, lhe faço algumas perguntas para que você possa refletir se é especializado ou não...

  • O que você tem ou faz, diferente das outras pessoas ou profissionais?
  • Qual a última vez que alguém importante para você, seja na sua vida pessoal ou profissional, te deu o feedback de ser diferenciado? Qual foi o ponto chave desse feedback?
  • A sua empresa é diferenciada dos seus concorrentes? Por que?
  • Quais conhecimentos, capacidades, habilidades ou mudanças, você precisa ter para ser um especialista no mercado?

Enfim, a grande reflexão a ser feita é, o quão especializado você é naquilo que faz? E não digo só na parte acadêmica ou de conhecimento por prática e repetição, mas sim, conhecimento a nível de diferenciação, ou seja, do quão preocupado está em fazer algo que ninguém ainda faz, ou melhor do que todos fazem.

Pense com carinho e comece a traçar novas estratégias em como se especializar na sua profissão, seja na aquisição de treinamentos, cursos, livros, na participação de workshops, grupos de redes sociais ou até mesmo em bate-papos informais com pessoas do seu ramo.

Acredite, confie, estude, busque e, acima de tudo, seja um apaixonado pelo que faz, e com certeza, será mais que um especialista, será um inspirador de pessoas.

Abraços e SUCESSO!!!

Gustavo Andrade.

Comentários

Veja nossos artigos!!!

Cuidado com a sua PRODUTIVIDADE!!!

segunda-feira, 16 de março de 2020

A diferença que faz a diferença.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Os frutos da disciplina.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Hábitos, automação da rotina.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Motivação para EMPREENDER!!!

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Diferenças entre vencedores e perdedores.

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Filosofia do Sucesso de Napoleon Hill.

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Qualidades do Vendedor Campeão

terça-feira, 23 de julho de 2019

Poema das VENDAS

terça-feira, 11 de junho de 2019

Dicas para conquistar e manter clientes.

quarta-feira, 15 de maio de 2019